You are currently viewing Como aplicar metodologia ágil em pequenas e médias empresas?
  • Reading time:10 mins read

Como aplicar metodologia ágil em pequenas e médias empresas?

Nós já falamos por aqui sobre o que é a metodologia ágil – se você não viu, basta clicar neste artigoe nele te adiantamos um pouco do que é a aplicação dela.

Agora vamos te explicar como esse processo pode funcionar em pequenas e médias empresas.

Além disso, vamos te dar outras dicas voltadas para as melhorias de forma ágil.  

Tendo como intenção fazer a sua empresa evoluir. 

Com base em alguns dados e instruções que já surtiram efeitos para empresas que hoje em dia são exemplo no mercado. 

Para isso, é muito importante ter em mente que a metodologia ágil não é uma simples mudança. 

É uma reconfiguração do cenário interno de sua empresa. 

Que vai adicionar mais qualidade no serviço, na entrega ao cliente e no ambiente.

E depende, exclusivamente, da boa vontade para ser aplicada. 

Leia até o final para entender melhor do que se trata. 

Importância para a pequena ou média empresa 

Hoje, especialmente no Brasil, as pequenas ou médias empresas são a maioria no mercado. 

E mostram uma certa evolução nos números, apesar do momento pandêmico. 

Com mais de 1 milhão de micro e pequenas empresas sendo abertas no país em quatro meses de 2021.

O que deixa evidente a importância da existência do microempreendedor, agindo em qualquer área ou ramo.

Mas, mais do que o aumento do número de empresas ou da sua importância.

O que fica de questionamento é se existe a entrega de um bom serviço. 

E para entregar um bom serviço é muito importante saber lidar com novas tecnologias.

Porque, por mais que o seu negócio não tenha nada haver com isso.

Novas tecnologias, ou metodologias internas, fazem total diferença no mercado atual. 

Porque o seu cliente passou a prestar atenção em tudo que você tem a oferecer.

Desde o bom dia que você dá, até a entrega do produto final, tudo faz a diferença. 

E como falamos no nosso último artigo, a burocracia e a lentidão de processos já ficaram no passado. 

E hoje, mais do que nunca, é necessário inovação

E é justamente isso que a metodologia ágil oferta, independente do seu segmento ou tamanho. 

Por esse motivo, deixamos listados aqui 7 motivos para uma pequena empresa investir em tecnologia.

São passos que vão te ajudar a pensar fora da caixinha e melhorar a sua tomada de decisões.

Princípios da metodologia

Voltando ao assunto principal. 

No último artigo falamos um pouco da história da criação da metodologia ágil e alguns de seus conceitos. 

 Mas deixamos de citar os seus princípios, que são tão importantes para a ação. 

Estes que se fazem de extrema importância para a aplicação do processo. 

Que ajudam a nortear a sua necessidade de execução e a forma como comportar em relação a nova metodologia de trabalho.

Para isso, foram listados pelos seus 17 desenvolvedores, 12 princípios básicos.

Que vão desde a recepção do cliente, até a entrega final. 

A metodologia ágil, têm por finalidade, maximizar o trabalho das equipes de projetos e os resultados gerados aos clientes

Portanto, confira os 12 princípios:

  1. Ter como prioridade a satisfação do cliente por meio de entregas de valor contínuas e rápidas;
  2. Ser receptivo a alterações em qualquer fase do processo. Aliás, ambientes mutáveis são empregados em toda etapa do projeto para entregar ao cliente vantagem competitiva;
  3. Realizar entregas frequentes (do produto ou serviço) no menor período de tempo possível;
  4. Manter a colaboração das partes envolvidas em todo o projeto, diariamente;
  5. Fornecer o ambiente, as ferramentas e o suporte necessários aos indivíduos do projeto, além de acreditar neles para realizar as atividades;
  6. Estimular a comunicação pessoal, que transmite as informações necessárias ao time de colaboradores, sendo o meio mais eficiente. Nesse ponto, atenção especial para reuniões presenciais, consideradas mais eficazes para o sucesso do projeto;
  7. Um produto final de trabalho corresponde à medida final do êxito. No caso da tecnologia, a medida primária de progresso consiste no software em funcionamento;
  8. Os profissionais que estão no processo precisam manter um ritmo constante, de modo indefinido, pois fluxos ágeis estimulam um desenvolvimento sustentável. Da mesma forma, o desenvolvimento sustentável é feito por intermédio de processos ágeis, onde os interessados conseguem manter um ritmo contínuo e cíclico;
  9. Manter atenção frequente à excelência do design e a técnica que eleva ou aprimora a agilidade;
  10. Eliminar o máximo de esforços que não geram valor ao produto, pois a simplicidade é fundamental;
  11. Equipes auto-organizáveis propiciam os melhores designers e arquitetos, além de atenderem aos requisitos do projeto,
  12. Por meio de intervalos regulares, o time de colaboradores do projeto reflete sobre como melhorar a sua eficiência e eficácia para otimizar o seu comportamento.

Percebeu que a metodologia é algo que vai além de ser uma simples ideia?

A metodologia ágil realmente sai do papel e traz bons frutos. 

E vai de acordo com a inovação de um negócio. 

Para isso, é necessário a boa vontade do dono da empresa e de seus funcionários, em consonância. 

Já pensando nisso, listamos abaixo 5 pontos fundamentais. 

Que são sempre levados em consideração por equipes que ajudam na instalação desta metodologia. 

Preste atenção.

5 pontos fundamentais para o processo:

Para implementação do processo, 5 pontos são fundamentais.

Seja a sua empresa pequena ou média, é interessante saber disso.  

  • Valor: identificar quais setores, produtos e fluxos de trabalho criam valor para o negócio; mapear processos que podem se beneficiar de maior dinamismo e agilidade dentro desses pontos.
  • Estrutura: crie fluxos de valor, de maneira a dar um sentido mais organizacional nas entregas e no reporte de resultados.
  • Times Ágeis: identificar os times e suas missões, buscando potencializar sua entrega de valor. Aqui, define-se também as ferramentas e frameworks ágeis.
  • Backbone: identificação de melhorias e avanços necessários no que diz respeito à tecnologia ou equipe, com intuito de mudar a cultura organizacional e habilitar a aplicação da metodologia ágil.
  • Roadmap de implementação: ao chegar em conclusões para todos esses pontos, é hora de definir o roadmap de implementação.

Os fundamentos parecem estar destinados para apenas uma área, não é mesmo? 

Para área de T.I

Mas não, na realidade esses fundamentos guiam a ideia de mudança e estão presentes em várias áreas. 

Dentre elas, podemos listar as pequenas empresas de varejo, as seguradoras que estão começando e as já renomadas mineradoras. 

Que são cases que fizeram sucesso ainda em 2020. 

E vão de pequenas a médias empresas, assim como citamos neste artigo. 

Que estando no Brasil como na Europa, seguiram os passos de gigantes como a Microsoft e a IBM e se deram bem.

A aplicação do método

Buscando reconhecer o seu alcance e a sua necessidade no mercado. 

A sua pequena ou média empresa necessita fazer uma boa busca em plataformas confiáveis.

Que vão deixar muito claro quais são os seus princípios, os seus projetos e a sua forma de agir. 

Dos serviços mais simples, para corrigir uma única função.

Até os mais complexos, que tomam conta de toda empresa. 

A metodologia ágil elabora um papel transformador. 

E esse papel pode influenciar na disposição de mesas e cadeiras do escritório. 

Ou até mesmo na forma como cada funcionário vai elaborar a sua função sem ter que depender do outro colega. 

Fazendo do ambiente de trabalho algo mais conectado. 

Produtividade e Objetivos:

Nesta fase você leva em consideração quais são as suas metas e o que você deseja atingir. Conciliando a produção com a ambição, tendo o apoio de ferramentas, softwares e de especialistas que já estão por dentro do mercado e da metodologia. 

Organização: 

Pode ser importante para o seu negócio fazer testes com planos pilotos, que vão te guiar para onde a sua empresa pode chegar.  Assim, a organização consegue lançar equipes ágeis que vão auxiliar, a partir do caso de sucesso, na construção de um modelo operacional que funcione remotamente.

Desenvolvimento:

Após conseguir executar um bom plano piloto, você passa a pensar em mudanças que vão surgir efeito de verdade, baseado no aspecto humano (capacidade dos funcionários), para enfim obter o desenvolvimento almejado.Ter pessoas engajadas e tecnologias que as capacitem para um modelo dinâmico e decisões rápidas, te faz evoluir e muito. 

Pessoas acima de processos: 

É fundamental na cultura Agile que as expectativas sejam alcançadas e para isso é importante pensar que as pessoas se sobrepõem aos processos. De uma forma transformadora, o trabalho passa a ser mais interativo, com mais comunicação e conexão entre os humanos , para que exista praticidade e cumplicidade na transição. 

Sincronia entre setores distintos – DevOps

A partir do momento em que os pontos citados acima são colocados em prática, se faz necessário observar a importância de sincronizar os setores que são distintos. A comunicação e a proximidade, de estarem no mesmo ambiente, vão fazer com que o Desenvolvimento e a Operação esteja em uma sincronia que faz a diferença. 

Estes são alguns pontos que podem fazer a diferença. 

Portanto, é importante enxergar as suas maiores dificuldades e as lacunas que terão que ser ocupadas. 

Dessa forma, a sua pequena ou média empresa vai evoluir e atrair novos clientes. 

Além de você ter o seu ambiente mais controlado e em harmonia. 

Para essa função existe a metodologia ágil e os diversos processos produtivos que nela estão englobados. 

Caso ainda esteja em dúvida se é necessário essa mudança para o seu negócio, comece dando uma lida no artigo Gestão de forma produtiva baseada em softwares. 

Essa gestão te mostra o caminho trilhado por muitos na atualidade. 

Que vão fazer seu negócio evoluir e render muito mais. 

E aí, gostou do conteúdo? Você pode conferir nossos outros artigos clicando aqui.

Compartilhe com os amigos em suas redes sociais.

Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário