You are currently viewing Data Driven: O que é e como usar em sua empresa
  • Reading time:11 mins read

Data Driven: O que é e como usar em sua empresa

 

Data driven: Entenda como a sua empresa pode se beneficiar aplicando o conceito na prática. Para começar, a tradução do termo “data-driven” é “baseado em dados”. Ou seja, se você é uma pessoa ou empresa que aplica o conceito, as suas decisões e processos, são baseados em dados.

E como estamos na era dos dados, ser data driven é estar preparado para o futuro dos negócios. Mas vamos chegar lá! Neste artigo vamos definir o que é este conceito. Além disso, vamos mostrar como você pode usar em sua empresa e quais os resultados pode colher.

Espero que gostem do conteúdo!

Data driven: Entenda o conceito

O conceito data driven está atrelado a processos orientados a dados, ou seja, baseiam-se na coleta e uso das informações, qualquer que seja o meio. Quando falamos de empresas nos referimos que suas tomadas de decisões e estratégias são apoiadas a dados coletados e comprovados.

O conceito vem da área de ciência dos dados. E como isso se relaciona a softwares e aplicativos? Como já vimos todos os dias na prática, ao entrar nas redes sociais, temos anúncios de empresas, correto?

E ainda são propagandas que estão relacionadas aos nossos interesses, certo? Basicamente, em algum momento, suas informações foram coletadas.

Seja por acessar um site, aceitar um cookie, seguir o perfil da empresa nas redes sociais, ou a tentativa de compra de um produto. O seu interesse e a sua procura acabaram gerando isso. 

Mas o fato é que de alguma forma, foram associadas e coletadas algumas informações suas.

A empresa que está promovendo o anúncio faz a escolha de que público quer atingir. E este público tem uma quantidade de pessoas estimadas e qual vai ser o seu alcance. Assim, a empresa se baseia nos dados para tomar sua ação.

Este é só um exemplo que ocorre no dia a dia das nossas experiências. Mas nas empresas há vários pontos de coletas, como por exemplo:

  • Dados inseridos nos softwares e aplicativos usados no trabalho
  • Dados de sensores e atuadores no processo
  • Informações que vem do seu site ou acesso nas suas próprias redes sociais

Enfim, as fontes são as mais variadas, e as empresas que usam estas informações para tomar decisões, são conhecidas como “data driven”.

Ou seja, é o fim do achismo e sentimento, e uma entrada para os fatos coletados.

Data driven

Como funciona o processo de coleta e interpretação de dados?

Bom, então sabemos que uma empresa data driven é aquela que sempre toma decisões baseada em dados. Mas de onde vem as informações? Conforme falamos, há várias formas destes dados serem coletados.

Seja na própria inserção de dados de softwares e aplicativos, que vão incrementar um banco de dados. Com isso é possível usar estes dados para gerar gráficos e análises. Outra forma é com sensores, que captam informações mais “físicas”.

Em processos, por exemplo, tem dados de velocidade, temperatura, corrente elétrica, entre vários outros. Mas que também vão entrar em um banco que vai armazenar todas as informações.

E assim, estes dados são trabalhados por alguns algoritmos que vão trazer eles para os tomadores de decisão. Seja em forma de gráfico, dashboards ou análises diretas. Da mesma forma, este “usuário” pode combinar informações para gerar os resultados que precisa.

Vamos falar de alguns conceitos importantes nesta área de dados. São eles:

Analytics 

A análise de dados é fundamental para o processo.  Denominado como ciência de análise, essa etapa é fundamental para preparar os grandes voos. Os números obtidos nas outras etapas são explorados de ponta a ponta Justamente nessa fase que se percebe o que está acontecendo em seu negócio E é nessa área em que existe a correlação dos dados coletados com a ação que vem sendo tomada pela empresa.

Na etapa do analytics percebe-se uma possível necessidade, uma falha brutal. E para mudança de patamar é importante definir metas, ou criar padrões. Padronizar o serviço é essencial e é uma das bases do data driven.

E os padrões não surgem do dia para a noite. Existe muito estudo e trabalho por trás disso. Seja pelas máquinas ou pelas pessoas que as controlam.

Big Data

A grosso modo, big data é o conjunto dos números inteiros. É o seu grande estoque de números.  Uma biblioteca recheada de dados. Que você às vezes não entende para o que serve, mas que fazem total diferença quando analisados. 

 Quando se faz uma análise sobre uma empresa ou negócio do tipo, os números compõem um sistema complexo. Esse sistema precisa ser desbravado para que se chegue a alguns lugares.

 E para acessar todos esses números é importante o contato com o que está na big data. Para o seu negócio fluir é importante estar de olho em tudo. Pode ser nos mínimos detalhes e nos números mais distantes que moram as grandes possibilidades.

Por isso, o data driven é um universo tão amplo e complexo assim, e por isso se relaciona tão bem ao big data. Pois é o Big Data o maior dos softwares envolvidos no processo. Ele carrega o que os outros desenvolvedores normalmente não aguentam.

Nesta parte da análise dos dados e números você encontra três etapas primordiais. Os chamados três Vs. 

Volume – é por exemplo a quantidade de pessoas que entra em sua página.

Velocidade – a rapidez com que os dados vão para a memória e são processados.

Variedade – como o próprio nome já diz, é onde estão os dados mais variados do sistema.

 Por isso essa parte necessita ser estudada e bem analisada. 

Inteligência Artificial

Como o futuro é voltado para a área digital, ainda maior do que vemos hoje.  Esse papo que você já está acostumado a ver e ler, realmente faz sentido. Tudo que envolve tecnologia é fundamental para uma certa área. 

E para fazer com que seu negócio evolua, a relação com a Inteligência Artificial é um ponto importante. Os termos utilizados aqui neste artigo já demonstram isso. O quanto o mundo da internet é vasto e cheio de detalhes. 

É importante estar antenado ao que acontece ao seu redor. E ter a presença de uma Inteligência Artificial a sua disposição pode e deve surtir efeito.

Essa é a parte do trajeto onde entram novos programas. Programas estes que podem ser personalizados para o ramo do seu negócio. E devem atribuir ainda mais inteligência e organização. Fazendo com que o apoio da tecnologia te faça enxergar o mercado de outra maneira. Melhorando gradativamente o seu relacionamento com clientes.  

Por isso, ter uma inteligência artificial a seu dispor, somadas às outras tecnologias e funções, te coloca em posição de destaque.

Dicas para utilizar data driven em seu negócio.

Quando não se sabe utilizar os dados extraídos alguns problemas podem surgir. Esses problemas são chamados de subutilização dos dados. Que configuram em uma má gestão do que é explorado pelo Data Driven.

As implicações começam quando o uso dos dados já não surte efeito. O que quer dizer que existe a necessidade de profissionais capacitados para essa ação. Essa ação demanda tempo e também demanda pesquisa. 

Transitar pelas áreas citadas no item anterior, como analytics, big data e inteligência artificial, te faz ter mais conhecimento. Com mais conhecimento, as áreas em que seu negócio deixa a desejar hoje em dia. Se tornará em uma grande força no futuro.

Basta se cercar de bons profissionais e um sistema de data driven eficiente. Para isso, uma dica importante é não descartar qualquer tipo de dados ou tabelas. Pode ser nesses pequenos detalhes que estão alojados a sua reviravolta. Use o que você tem de forma estratégica. 

Como num jogo de tabuleiro, por exemplo, nem tudo está perdido. Uma carta na manga te coloca no game novamente. Para conseguir uma reviravolta, ou a evolução do zero, fique de olho nisso!

Três caminhos podem e devem ser seguidos, se liga só

  • MAIS CAPACITAÇÃO: Se cercar de profissionais capacitados facilita o seu crescimento e diminui as suas dores de cabeça. 

Pense também em cursos que podem ser feitos para que essa capacitação se torne o seu alvo. 

  • MAIS ORGANIZAÇÃO: É como perder o papel em um escritório cheio de documentos velhos e nunca mais achá-lo. 

Mais organização no seu negócio te deixa livre de preocupações como essa e deixa toda a casa em ordem. 

Defina áreas, agrupe pessoas organizadas para cada setor, fiscalize e veja a evolução. 

  • MAIS INFORMAÇÃO: Manter os profissionais que lidam com esse processo de análise dos dados bem informados é essencial.

Sejam informações do dia a dia ou informações relacionadas diretamente a sua função no negócio.

Como grandes empresas utilizam essa função – Importância na hora de agir  

Na hora de colocar o seu plano em ação você deve ter em mente alguns pontos importantes. Tudo depende de onde você quer chegar. Se o seu negócio quer alcançar um maior público é necessário uma delimitação. Essa delimitação é por vezes geográfica, de onde o seu negócio está localizado. E em quais lugares próximos e clientes você pretende alcançar. 

Para isso, o processo que vem por meio do data driven é essencial. Com a análise dos dados conseguimos observar tudo isso.  Para ser possível mapear as suas próximas ações, os seus dados mais importantes e as novas possibilidades. 

Para algumas outras áreas como os anúncios em sites e redes sociais, o data driven também se faz presente. Observar a métrica do que vem sendo anunciado é fundamental. Quantos cliques a postagem teve te serve como uma boa base.

Te faz conhecer melhor o cliente e a pessoa que está ali por curiosidade. A certeza parte do que você de fato consegue converter. É na hora da conversão que se enxerga o real valor do seu serviço. Quando o planejamento no papel começa a de fato render. 

O material que rende conversões se solidifica, fica exposto. O que não vai adiante é retirado. Um processo cíclico. Assim dá para ter uma noção de como o serviço bem feito, com velocidade, veracidade e variedade é de fato aplicado. Esses são alguns passos utilizados por empresas que resultam em cases de sucesso.

Utilize em sua empresa e note as diferenças.

A partir desses passos, metodologias são aplicadas, produções são modificadas e insumos são diretamente utilizados. Tudo com maior controle. Com maior conhecimento. É nessa hora que a organização, capacitação e informação mostram o tamanho da sua importância em um negócio. 

E se você deseja iniciar um projeto com um software personalizado para sua empresa, entre em contato com nossos consultores e faça seu orçamento sem custos. 

Gostou? Compartilhe!

Deixe um comentário